Os dados fazem parte de um Levantamento Imobiliário da América Latina (RIAL Di Tella-Navent/Zonaprop) feito pela Navent, em parceria com o Centro de Investigación en Finanzas (CIF) da Escuela de Negocios de la Universidad Torcuato Di Tella. As informações são referentes a setembro de 2020. Veja lista abaixo:

Gráfico: Universidad Torcuato Di Tella
Gráfico: Universidad Torcuato Di Tella

+ Familiares de Tom Veiga discutem sobre a divisão da partilha de bens
+ Libertadores: Grêmio vence Guaraní e está nas quartas de final
+ Confira as 10 motos mais vendidas do Brasil em novembro

A cidade do Rio de Janeiro tem um dos metros quadrados mais caros da América Latina. Na capital fluminense, o preço do metro quadrado é de US$ 2.224, ficando atrás apenas de Santiago (US$ 3.278/m²), seguido de Montevideo ( US$ 2.857/m²), Buenos Aires ( US$ 2.847/m²) e Cidade do México (US$ 2.269).

A pesquisa é realizada duas vezes por ano e tem como objetivo estudar o comportamento do preço dos imóveis que são tipicamente habitados por jovens profissionais de 14 cidades latinoamericanas. Para realizar o estudo, foram selecionados bairros com características semelhantes nessas cidades.