Banco Central nega possibilidade de golpe com Pix agendado

109
Banco Central nega possibilidade de golpe com Pix agendado
Banco Central nega possibilidade de golpe com Pix agendado

Previsto para tornar-se obrigatório a todas as instituições financeiras a partir de 1º de setembro, o Pix agendado é seguro e não permite brechas para golpe, informou nesta quarta-feira (23) o Banco Central (BC) para a Agência Brasil.

+ Usuários do Tinder vão poder adicionar vídeos ao perfil
+ Google encerra programa de estágio após protestos
+ Space Perspective abre reservas para viagem espacial de balão; saiba mais
+ Nasa vai transmitir ao vivo caminhada espacial na sexta-feira (25)

De acordo com o BC, mensagens compartilhadas na internet apontam que correntistas estariam recebendo notificações de Pix agendado de um desconhecido. Em seguida, o autor da mensagem entra em contato com o destinatário dizendo que a transferência foi feita por engano e pede a devolução do dinheiro. Em seguida, o golpista cancelaria o agendamento inicial, fazendo a vítima ficar no prejuízo.

Ainda de acordo com o Banco Central, essa descrição não passa de boato porque esse formato de golpe não pode ser executado. O recebedor de um Pix agendado só recebe a notificação quando o dinheiro cai na conta, não no momento do agendamento.

Além disso, um agendamento pode ser cancelado a qualquer momento. Dessa forma, em caso de engano, o próprio autor do pagamento pode desfazer a transação sem o conhecimento do destinatário.