foto: Marcello Casal JrAgência Brasil
foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

Caixa promete repassar auxílio de R$ 600 a 7,2 milhões de brasileiros de trabalhadores. Serão pagos mais de R$ 4 bilhões para 1,2 milhão de beneficiários inscritos no Cadastro Único e mais de 4 milhões de pessoas que se cadastraram pelo aplicativo ou site da Caixa Econômica Federal.

+ Incêndios sobem 60% em SP e bombeiros pedem: ‘cuidado com álcool gel’
+ EUA emitem alerta de tornado para Nova York, incluindo a ilha de Manhattan
+ Microempresários reagem com desconfiança a novo crédito de R$ 7,5 bi da Caixa e Sebrae

A empresa responsável pela análise dos cadastros, Dataprev, espera concluir ainda nesta quarta o processamento de dados de quase 10 milhões de brasileiros. Muitos inscritos reclamam que já tiveram o pagamento aprovado e ainda não receberam a primeira parcela.

Ainda segundo a Dataprev, mais de 43 milhões de CPFs já foram liberados para verificação final e pagamento. Quem está no CadÚnico e teve o cadastro reprovado poderá solicitar nova avaliação no aplicativo ou site da Caixa Econômica Federal.

Os trabalhadores informais que pediram o auxílio emergencial e ainda não o receberam podem conferir como anda a análise do cadastro no aplicativo do benefício –– que, aliás, foi atualizado pelo governo para que a pessoa cujo registro foi negado possa contestar a análise desfavorável. Nada menos que 6,6 milhões de pessoas não se qualificaram para o recebimento e outros 13,6 milhões de CPFs foram regularizados para ter acesso aos R$ 600.