Dayane Mello é acusada de racismo em ‘A Fazenda 13’

116
Dayane Mello é acusada de racismo em ‘A Fazenda 13’ (Foto: Reprodução/Instagram)
Dayane Mello é acusada de racismo em ‘A Fazenda 13’ (Foto: Reprodução/Instagram)

Dayane Mello, ex-BBB Itália e atual participante de “A Fazenda 13“, foi acusada de racismo na web após dizer que não poderia tomar sol porque as marcas preferem pessoas “branquinhas” para suas campanhas.

+Juliette Freire brinca com autotune durante o TVZ: ‘é muito massa’
+ Dayane Mello fala sobre participação no ‘Big Brother Itália’: “Não foi fácil”
+ Patrícia Poeta fala sobre sessões de fono após cirurgia de emergência
+ Maraísa posa de topless: ‘esta semana ninguém me segura, tô voando’

“Eu não quero mais pegar sol, não posso. Você sabe que não posso ficar muito morena para o meu trabalho”, disse a modelo ao sertanejo Tiago Piquilo. Quando o cantor questionou o motivo, ela respondeu: “Não, tem que ser branquinha porque as campanhas não querem muito morena. Eles querem uma beleza em um corpo mais elegante do que muito morena, sabe? Eu não posso pegar muito sol. As marcas, às vezes, não querem marquinha de lingerie, nada dessas coisas.”

“Não sabia, não”, disse Tiago. “Também não me importo com o sol, não gosto de pegar muito sol, envelhece”, acrescentou Dayane.

Na web, a modelo foi acusada de racismo. “Dayane foi racista, sim, e quem acha que o comentário dela não tem nada demais é tão racista igual ela, não venha dizer que ela estava falando sobre o racismo na moda, no vídeo está claro que ela acha pessoas, ‘morenas’ menos elegantes”, disse um internauta.

“Não tem contexto que isso fique bom, foi racista, sim”, refletiu outro. “A peoa acabou de falar que não pode tomar sol para não ficar morena, disse que as marcas preferem uma beleza mais ‘elegante’. Foi racista, viu, amada?”, opinou um terceiro. “Não tentem passar pano pra fala dela, que criticasse a indústria e não definisse a pele branquinha como elegante e outras não. Paz”, rebateu outro.