Os fundadores da Apple, Steve Wozniak e Steve Jobs, tiveram um breve e altamente ilegal negócio de fabricação e venda de equipamentos para phreaking de telefones que é o uso indevido de linhas telefônicas, fixas ou celulares antes de fundar o computador Apple em 1976. Agora, uma das placas de circuito originais feitas à mão por Wozniak para a primeira “blue box” em 1972 vai a leilão, com estimativa de US $ 8.000 a $ 12.000.

+ Nasa confirma a existência de água na Lua
+ Phloeodes diabólica o besouro indestrutível
+ Demi Rose agradece aos fãs pelos 15 milhões de seguidores com foto de tirar o fôlego
+ Telefone de jornalista argentino roubado pouco antes da transmissão ao vivo
+ Aprenda a fazer Petit gâteau de carne-seca e requeijão

Projetada por Wozniak, a blue box foi a primeira colaboração entre os gênios era digital, vendidas por US $ 170 . Não era um grande negócio para Wozniak e Jobs, já que cada caixa levava um dia para ser construída, e com o custo dos componentes
respondendo pela maior parte do preço, a relação risco / recompensa não valia a pena.

Não surpreendentemente, a caixa azul Wozniak-Jobs era inovadora e uma ferramenta de hacking digital pioneira no mundo, já que todos os aparelhos anteriores usados ​​por phreakers eram analógicos. Os phreakers usavam esses dispositivos para manipular o sistema telefônico, fazer chamadas gratuitas para qualquer lugar do mundo, além de uma série de outras práticas altamente ilegais.

O item que vai a leilão em 5 de novembro é simplesmente a placa de circuito de uma blue box, mas como foi feita à mão por Wozniak e sabe-se que ainda existem muito poucas, pode muito bem ser vendida por mais de US $ 125.000, apesar de uma estimativa de apenas $ 8.000 a $ 12.000.

É um entre vários exemplos genuínos da primeira ferramenta de hacking digital – um marco significativo em uma busca intelectual marcante e, subsequentemente, um marco na indústria.

Em parceria com o site Techbreak

Fonte: Bonhams