Herman Miller e Logitech, lançam cadeira ergonômica para ficar horas jogando sem sentir dor

404
Herman Miller e Logitech, lançam cadeira ergonômica para ficar horas jogando sem sentir dor. Foto: Divulgação
Herman Miller e Logitech, lançam cadeira ergonômica para ficar horas jogando sem sentir dor. Foto: Divulgação

A Logitech anunciou no início deste ano uma parceria com a fabricante de móveis americana Herman Miller, que prometeu misturar a “ciência do jogo” com a “ciência do sentar” para criar “soluções avançadas para os jogadores”. Agora finalmente vemos os frutos do trabalho deles.

+ Juliana Caetano e irmã falam sobre propostas para ensaios: “A gente recebe muitos”
+ Veneza restringe lotação nas gôndolas por causa do peso dos turistas
+ Google Maps exibe agora locais de bikes compartilhadas
+ Joysticks da Apollo 11 são vendidos por US$ 780 mil

A Embody Gaming Chair é uma versão aprimorada da Embody Chair original da Herman Miller, que foi projetada com a participação de mais de 30 médicos e doutores nas áreas de fisioterapia, ergonomia, visão e biomecânica.

Esta cadeira de jogos topo de gama é apoiada por uma garantia de 12 anos
Esta cadeira de jogos topo de gama é apoiada por uma garantia de 12 anos

Além disso, os usuários encontrarão vários pontos para ajustar a cadeira para um ajuste personalizado, incluindo profundidade e altura ajustáveis ​​do assento, altura e largura ajustáveis ​​do braço e um botão BackFit para alterar a curvatura da coluna vertebral.

Também digno de nota é que não há montagem necessária e cada cadeira é apoiada por uma garantia de 12 anos; portanto, não há necessidade de substituí-la a cada dois anos.

Detalhes completos e especificações da cadeira para jogos podem ser encontrados no site da Herman Miller. É também você pode fazer seu pedido por US $ 1.495, cerca de R$ 7900,00 . Isso é mais do que o custo total de um PC respeitável para jogos, mas se você tiver os recursos de sobra e estiver no mercado americano para comprar móveis de jogos de última geração, vale a pena dar uma olhada.

Em colaboração com Tech Break