Em uma briga entre os dois policiais militares, Leonício Alves de Souza, de 52 anos, foi morto a tiros por um cabo da PM de 33 anos, após flagrá-lo com sua ex-mulher, de 44 anos, dentro de um carro, na região metropolitana de Belo Horizonte. As informações são do jornal O Tempo.

+ Tempestades avançam sobre Santa Catarina, ventos acima de 80 km/h
+ Série D: Apesar de empate, ABC-RN mantém liderança do Grupo 8
+ Larissa Manoela mostra boa forma em dia de treino de 12h

Segundo informações da PM, o cabo havia sido chamado pela ex-mulher de Leonício para ajudá-la a buscar outro veículo e um freezer no bairro de Petrolândia. No meio do trajeto, eles foram parados pelo carro do sargento, que teria retirado a ex-mulher violentamente do carro e começado uma série de xingamentos, antes de dizer que mataria os dois. O cabo, então, teria atirado primeiro, para se defender. A versão foi confirmada pela mulher.

O cabo foi preso e o caso, que foi na registrado na Delegacia de Plantão de Betim, está sendo investigado pela corregedoria da PM.