John F. Kennedy
John F. Kennedy

Jean Kennedy Smith, diplomata e irmã mais nova do presidente John F. Kennedy, morreu na quarta-feira em sua casa em Manhattan, aos 92 anos, confirmou sua filha Kym ao The New York Times e NBC News .

+ Terremoto de magnitude 7,4 atinge o nordeste da Nova Zelândia
+ Coca-Cola e Morphe lançam linha de maquiagens inspiradas no refrigerante
+ Banco Central mantém política de redução de juros e taxa Selic cai para 2,25%

“Ela viveu uma vida incrível”, disse Kym à NBC News em comunicado quinta-feira. A causa da morte de Smith permanece incerta.

Smith foi a oitava de nove filhos de Joseph P. e Rose Kennedy, e foi o último irmão sobrevivente. Ela tragicamente sobreviveu a vários outros por décadas. Seus irmãos incluíam o irmão mais velho Joseph Kennedy Jr., morto em ação durante a Segunda Guerra Mundial; Kathleen “Kick ‘Kennedy, que morreu em um acidente de avião em 1948; o presidente, assassinado em 1963; e o senador Robert F. Kennedy, morto em 1968. O senador Edward Kennedy, o caçula dos irmãos Kennedy, morreu de câncer no cérebro em agosto de 2009, no mesmo mês em que sua irmã Eunice Kennedy Shriver morreu.

Smith, que se casou com o consultor financeiro da família Kennedy e o futuro chefe de gabinete da Casa Branca, Stephen Edward Smith, em 1956, foi vista por boa parte de sua vida como uma irmã quieta que evitava os holofotes. Em seu livro de memórias “The Nine of Us”, publicado em 2016, ela escreveu que durante a maior parte do tempo sua infância parecia “excepcional”.