Whindersson lança música sobre o filho: “Choro de saudade de quem eu nunca convivi”

24
Whindersson lança música sobre o filho: “Choro de saudade de quem eu nunca convivi” (Foto: Reprodução/Instagram)

Whindersson Nunes lançou uma música em homenagem ao filho, João Miguel, que morreu no final de maio após um parto prematuro de apenas 22 semanas.

+Giovanna Antonelli homenageia os filhos e relembra infância: ‘mágico’
+ Whindersson Nunes parabeniza ex-noiva, Maria Lina: ‘toda serelepe’
+ Gabriela Pugliesi choca fãs ao falar sobre nova fase: “Minha prioridade não é ser a mais sarada”
+ Kylie Jenner posta fotos coberta de sangue falso e fãs brincam: “Menstruação”

Na legenda do post em que compartilhou a canção, ele falou sobre a dificuldade de lidar com o luto. “Passarinho. É o nome da música que fiz pra passar esse primeiro dia das crianças sem a minha… Em toda a minha vida eu sempre tentei simplificar as coisas todos os dias pra ser o mais rápido possível em resolver um problema. E tem sido muito problemático pra mim lidar com isso”, começou o humorista.

“Eu sempre estive acostumado a atender pedidos como “um vídeo pra um criança com uma doença em estado terminal”, e sempre foi simples pra mim der um pouco de alegria a quem está indo embora, dar um bom final, ao inevitável. Mas hoje me dói tanto isso, eu sinto de uma outra forma, tão dolorosa, eu com tão pouco pra lembrar sinto um vazio, quem dirá quem tem muitos lembranças”, acrescentou Whindersson.

Por fim, ele ressaltou como a música o ajuda com seus sentimentos. “Tudo pra mim tinha sido muito simples até hoje, eu choro de saudade de quem eu nunca convivi, e imagino todo dia uma realidade diferente. Mas quando eu faço música eu sinto que melhora, me conforta, vou compartilhar essa com vocês aqui”, concluiu ele.

Confira a letra da música:

Tiraram o meu passarinho
Levaram ele pra longe de mim
Sei que vivo aqui, mas sei que é melhor lá
E eu sei que lá também te deram asas
Pra voar
Onde é azul e não é o mar

Tiraram o meu passarinho
Levaram ele pra lone de mim
Sei que vivo aqui, mas sei que é melhor lá
E eu sei que lá te deram asas
Pra voar no ar
Onde é azul e não é o mar
Pra voar
Você foi voar