Arqueólogos descobrem 478 monumentos maias e olmecas no México

Arqueólogos descobrem 478 monumentos maias e olmecas no México

Com o uso de mapeamento laser, pesquisadores conseguiram identificar no sul do México 478 monumentos que foram erguidos pelos maias e olmecas, alguns deles há 3 mil anos.

+Turista de 22 anos morre após pedra cair em cima dela durante escalada em São Bento do Sapucaí
+ Cachorro que salvou mais de 100 coalas de incêndio recebe prêmio
+ Saiba por que a altura recorde de Robert Wadlow nunca será batida
+ Cidade da Nova Zelândia é eleita o melhor lugar para conhecer em 2022

De acordo com a publicação científica Science, as estruturas – ainda ocultas pela floresta – incluem um platô artificial com 1,4 km de comprimento e 15 m de altura que seria usados para cerimônias religiosas.

Para fazer a descoberta, os cientistas fizeram o cruzamento de dados de mapeamento laser realizados pelo governo mexicano com fotos em alta resolução e dados coletados por meio de visitas às áreas mapeadas.

A descoberta desafia a teoria que os povos indígenas da região não teriam estabelecido povoamentos fixos antes do ano 500 a.C., já que os monumentos mais recentes teriam sido erguidos por volta de 400 a.C..