Um asteróide chamado (153201) 2000 WO107, que tem mais de 800 metros de altura e mais de 500 metros de largura – maior do que o arranha-céu Burj Khalifa – passará pela Terra em 29 de novembro e estará mais próximo de nosso planeta às 10h38, de acordo com cientistas da a Administração Nacional de Aeronáutica e Espaço (Nasa).

+ Beckham ofereceu a Giroud um apartamento de R$28 milhões no mesmo prédio de Messi se ele transferir para time de Miami
+ Modelo cria rede social e expõe homens comprometidos que dão em cima dela
+ Carolina Oliveira abre as portas do novo apê minimalista no Rio
+ Monique Alfradique leva susto com cobra jararaca em seu quarto

O Burj Khalifa é o edifício mais alto do mundo com uma altura de 829,8 metros e o asteróide 2000 WO107, que foi descoberto em 2000, tem um diâmetro de 820 metros.

O grande asteróide foi classificado como um asteróide próximo à Terra (NEA). NEA é um grupo de cometas e asteróides puxados para a órbita devido às forças gravitacionais de planetas próximos, o que lhes permite entrar na vizinhança da Terra. O Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa classificou-o como um ‘Asteróide Potencialmente Perigoso‘ devido à sua passagem próxima com a Terra.

O asteróide estará a uma distância de 43 mil quilômetros da Terra, mesmo quando estiver mais próximo do planeta. Esta distância é maior do que a distância entre a Terra e a Lua.