Duda Nagle relembra morte do pai em acidente: ‘morreu nas minhas mãos’

Duda Nagle relembra morte do pai em acidente: ‘morreu nas minhas mãos’ (Foto: Reprodução/Instagram)
Duda Nagle relembra morte do pai em acidente: ‘morreu nas minhas mãos’ (Foto: Reprodução/Instagram)

Duda Nagle desabafou sobre o pior momento de sua vida. O artista revelou que perdeu o pai, Rogério Marques Campos, em 2002, quando tinha 18 anos, em um acidente de carro, em pleno Dia dos Pais.


+Dandara exibe equilíbrio em clique na praia e impressiona os fãs
+Rafa Brites desabafa sobre enjoos na gravidez: ‘não está legal’
+Gabriel Jesus celebra um mês de namoro com Raiane Lima
+Fê Souza e Thiaguinho sobre gafe de Taís Araujo: ‘ri pra dedéu’

Meu pai faleceu nas minhas mãos, numa tentativa de primeiros socorros”, conta. “Estava no banco do carona, meu pai dirigindo e meu irmão do meio dormindo no banco de atrás (ele tem dois irmãos por parte de pai, de mães diferentes). Estávamos voltando da casa do meu irmão mais novo. Um cavalo atravessou a estrada e não deu tempo de freiar“, revelou em entrevista ao podcast “Inteligência Ltda”.

Eu acordo, o cavalo chegando e bum…Aí é aquele negócio doido de vidro voando(…) Meu pai apagou e achei que ele tinha quebrado o nariz. Estávamos de cinto, mas o cavalo tem uma anatomia horrível para esse tipo de acidente, porque a frente do carro bate nas pernas do animal, e o corpo pesado bate no para-brisa.“, disse.

Junto com o irmão e um médico que passava pelo local e parou para ajudá-los, eles tentaram fazer os primeiros socorros.

Quando a gente foi retirar o meu pai do carro, tirei meu casaco para apoiar a cabeça dele. Quando colocamos ele no chão, senti o cérebro quente dele na minha mão. Lembro muito do momento que eu vi e falei: ‘já era, né?’. O momento em que a realidade se impôs. Foi traumatismo craniano na parte de trás da cabeça, fratura exposta“, completou o artista.