Luísa Sonza desabafa sobre os ataques na web: ‘tinha medo de morrer’

Luísa Sonza desabafa sobre os ataques na web: ‘tinha medo de morrer’ (Foto: Reprodução/Instagram)
Luísa Sonza desabafa sobre os ataques na web: ‘tinha medo de morrer’ (Foto: Reprodução/Instagram)

Durante sua participação no “Saia Justa”, programa da GNT nesta quarta-feira (11), Luísa Sonza desabafou sobre o discurso de ódio, e os ataques que sofreu nas redes sociais.


+Gil do Vigor e Douglas Souza surgem dançando funk de shortinho
+Thais Braz celebra penteado com testa à mostra após cirurgia: ‘muito feliz’
+Virgínia mostra convite do aniversário de 1 ano da filha, Maria Alice
+Flávia Alessandra posta ensaio e Otaviano Costa a elogia: ‘minha leoa’

Luísa relembrou que os ataques virtuais surgiram quando ela ainda tinha 16 anos e postava vídeos no YouTube. Desde então, o ódio contra ela só piorou. A cantora procurou ajuda, mas revelou que chegou um momento que nem a terapia e os medicamentos estavam a ajudando.

Não sabia mais o que fazer, minha mente não aguentava mais. Terapia, remédios, não faziam efeito. Tinha medo de morrer. Quando começaram a liberar as gravações dos programas de TV na pandemia, eu ia para minha primeira viagem. Entrei no avião e as pessoas me xingavam! Aluguei um barco no meio do mar e as pessoas me xingavam. Passavam de jet ski me xingando“, contou.

Entrei no avião e o homem colocou uma mala preta do meu lado. E foi para o fundo do avião. Achei que o cara ia me matar. Tive uma crise que me impediu de andar. A aeromoça me ajudou e eu não consegui fazer a viagem, tive uma crise de pânico. Voltei para casa e minha equipe me apoiou porque, como estávamos ainda na pandemia, minha família estava longe“, revelou a atriz contando sobre a crise de pânico que teve.

Luísa também disse que se afastou do celular, e precisou tirar o celular de perto dela para gravar o “Saia Justa”. “Tenho pânico do celular. Ele não pode vibrar e logo acho que é algum problema, alguma crise. Se estivesse com o celular não conseguiria fazer o programa“, comentou. Confira: