SBT perde na justiçca e terá de pagar R$ 500 mil de indenização a Rachel Sheherazade

Rachel Sheherazade. Foto: Reprodução Instagram
Rachel Sheherazade. Foto: Reprodução Instagram
  • Rachel Sheherazade derrotou o SBT de Silvio Santos em ação trabalhista
  • Ela ainda ganhou uma indenização de R$ 500 mil por assédio moral
  • No total, ela deverá receber em torno de R$ 4 milhões

+ Vídeo: Telejornal do SBT flagra sexo ao vivo em praia e faz piada
+ Gil do Vigor renova contrato com a Globo e adia volta aos Estados Unidos
+ Atriz de ‘O Clone’ , Daniela Escobar faz cursos de medicina preventiva nos EUA

A Justiça do Trabalho reconheceu o vínculo empregatício e condenou o SBT a pagar todos os direitos trabalhistas à jornalista Rachel Sheherazade, ex-apresentadora da emissora.

De acordo com a sentença divulgada nessa sexta (21), a condenação foi estipulada inicialmente em R$ 4 milhões de reais, valor a ser calculado de acordo com o salário da apresentadora e o tempo em que ela esteve na emissora, de abril de 2011 a outubro de 2020.

Além de verbas trabalhistas como FGTS, férias remuneradas, adicionais por tempo de serviço e aviso prévio, o SBT também foi condenado em R$ 500 mil por danos morais contra a ex-funcionária em virtude do episódio da premiação do Troféu Imprensa em 2017.

Na ocasião, Sheherazade foi convidada a receber o prêmio de melhor apresentadora de TV, mas foi publicamente repreendida por Silvio Santos para não mais emitir opiniões na emissora.

O juiz Ronaldo Luis de Oliveira, da Terceira Vara de Osasco considerou a atitude do dono do SBT misógina e abusiva.