Missão Hera: conheça o próximo passo da defesa da Terra contra asteroides

41
Missão Hera: conheça o próximo passo da defesa da Terra contra asteroides

A missão espacial Dart, da Nasa, foi lançada com sucesso na madrugada desta quarta-feira (24), na primeira das atividades espaciais da Terra com o objetivo de desenvolver um sistema de defesa planetária contra o impacto de asteroides.

+Na reta final da gravidez, Thaila Ayala revela que está de repouso: “Querendo vir prematuro”
+ Fortnite: Capítulo 2 termina em dezembro
+ Nasa lança missão para tirar asteroide de rota
+ Saab entrega primeiros Gripen E de série para a FAB

A Dart deve colidir contra o asteroide Didymos, com 160 metros de diâmetro, em setembro de 2022. Se tudo correr de acordo com o planejado, a expectativa é que o choque deve alterar a rota do corpo celeste em 1%.

O suficiente para a medição da Terra. Mas para obter resultados mais consistentes é que a ESA (Agência Espacial Europeia) irá lançar em novembro de 2024 a missão Hera, que alcançar atingir Didymos (e o seu irmão maior Dimorphos) no fim de 2026.

Uma vez lá, a nave Hera irá soltar dois equipamentos que irão fazer análises espectral e de radar de Didymos após o impacto.  O objetivo de Hera é obter dados para a melhor avaliação do resultado da missão Dart, com o objetivo de melhorar a compreensão dos efeitos da colisão e permitir a repetição dessa missão em uma situação de perigo real.